Comentarios del lector/a

Low Carb DIETA

por gomes silva (2019-01-25)


Cardápio Low Carb Para Não Cair Na Monotonia

A queridinha da vez para perda de peso, a dieta low carb consiste na redução do consumo de carboidratos, presentes em alimentos como arroz branco e pão, e aumento na ingestão de proteínas (como carne e ovo) e gorduras boas (como nozes e abacate). Eu fui uma dessas pessoas que perdeu peso de forma assombrosa com a restrição de carboidratos; foi tão rápido que muitas pessoas achavam que eu estivesse doente - em 3 meses tive de trocar todo guarda-roupa, sem passar fome, e sem atividade física (acrescentei a atividade física DEPOIS).

Manteiga: Manteiga, principalmente aquela oriunda de vacas de pasto, é saudável, e pode ser consumida com moderação em uma dieta baixa em carboidratos. Segundo a especialista, a mulher com diabetes pode ter distúrbios da microcirculação na própria placenta (útero), queda da receptividade embrionária pelo útero ou diminuição da vascularização para ovário.

Esse modelo alimentar é um pouco mais permissivo porque, apesar de também se basear na alimentação de nossos ancestrais paleolíticos, possui algumas adaptações para torná-la mais gostosa e palpável para os tempos modernos,permitindo alguns outros alimentos como queijos amarelos de alta gordura.

A dieta Low Carb emagrece e já fica nítido nos primeiros dias de alteração, quando a pessoa passa a ter novos hábitos alimentares, potencializando a eliminação do excesso do glicogênio estocado. Em pessoas com dificuldade para emagrecer basta 1 dia de carbos a cada 5,6 ou 7 dias.

Dieta cetogênica , elimina totalmente a ingestão de carboidratos. Mas pense bem, cada bebida tem uma certa quantidade de carboidrato(de uma olhadinha antes de ingerir). Outra vantagem dessa dieta em comparação a outras é que nela você não precisa se privar de comer alimentos deliciosos, pois existem receitas low carb que são deliciosas para você saborear.

Até 3 ou 4 frutas por dia (exceto abacate, que não tem açúcar) certamente não chega a ser prejudicial para pessoas saudáveis, mas as pessoas correm risco de ter que substituí-las por outros alimentos mais densos nutricionamente, com gema de ovo, carnes em geral, manteiga, órgãos, etc.

A dieta paleolítica contém entre 100 e 150g de carboidratos por dia, que é muito menos do que os 300 ou 400g da dieta ocidental tradicional. E as frutas são ricas em frutose ( açúcar da fruta), portanto, acredite, são ricas em carboidratos, consideravelmente em níveis superiores em relação aos vegetais.

Os carboidratos tem a função de dar energia ao organismo de forma rápida, afinal este passa a ser digerida no momento em que entra em contato com a saliva, causando picos de insulina e armazenamento de gordura, caso consumido em excesso. No universo das dietas e do emagrecimento, com certeza a Low Carb é uma das mais famosas e queridinhas.

4. Linhaça:boa opção pra misturar com outras farinhas ao fazer pães low carb ou para colocar no iogurte ou em frutas. Os diabéticos devem ter atenção especial para evitar carboidratos e por isso são recomendadas a dieta paleo, low carb, LCHF (Low Carb High Fat).

Isso faz parte do processo de reduzir os carboidratos (que são macronutrientes rapidamente digeridos pelo nosso corpo não te dando saciedade por muito tempo) e que elevam os níveis de glicose no sangue. A dieta metabólica combina a cetogênica com um dia com muitos carboidratos e pouca proteína e gordura.

Mas em comparação com os participantes de dietas com baixo teor de gordura, as pessoas com dietas pobres em carboidratos tiveram um dieta low carb depoimentos aumento significativamente maior no colesterol bom” de lipoproteína de alta densidade e uma diminuição maior nos triglicerídeos.

No entanto, podem ocorrer consequências a longo prazo, como a hipoglicemia pós-cirurgia bariátrica que é comumente associada ao bypass gástrico em Y-de-Roux (BGYR), tipo de cirurgia mais realizada no mundo e que ocorre geralmente após a ingestão de alimentos ricos em carboidratos.